You are here: News » O Ténis está de volta!

O Ténis está de volta!

Os “courts” do Jardim Tunduro, na cidade de Maputo, acolhem, entre os dias 9 e 17 de Dezembro, a sétima edição do Standard Bank Open, que contará com a participação de tenistas da República Democrática de Congo e de seis países da região, nomeadamente África do Sul, Swazilândia, Zâmbia, Botswana, Zimbabwe e Lesotho. 

O prize money global, 500 mil meticais, será distribuído pelas categorias de séniores masculinos e femininos, pares mistos, veteranos e mini-ténis, para crianças.

Este torneio, que teve a sua primeira expressão em 2011, visa massificar a prática da modalidade no país, contribuindo para a rodagem dos atletas nacionais de modo a que estejam minimamente preparados para as competições internacionais.

Intervindo na conferência de imprensa do lançamento da iniciativa, ocorrida, na segunda-feira, 4 de Dezembro, em Maputo, o gestor de Marketing do Standard Bank, Alfredo Mucavela, referiu que para a materialização da presente edição, o Standard Bank vai disponibilizar todas as condições técnicas a par das premiações, taças e medalhas em todas as provas em disputa, e ainda um prize money global no valor de 500 mil meticais.

O Standard Bank, conforme indicou, sente-se orgulhoso por ser um dos principais impulsionadores do ténis no País: “Investimos no ténis porque achamos que esta modalidade é estratégica, daí que queremos levá-lo às comunidades, despertar interesse sobre a prática deste desporto e massificá-lo”, disse.

“Esta edição será muito mais abrangente no sentido de envolver um maior número de participantes. Gostaríamos que as crianças aprendessem a dar os primeiros toques na bola, através do Standard Bank Open. A nossa perspectiva é de que este movimento seja uma festa, um convivio desportivo, com muita competição, diversão e prémios”, realçou Alfredo Mucavela.

Para o presidente da Federação Moçambicana de Ténis (FMT), Valige Tauabo, a presente edição vai servir para fazer a avaliação dos tenistas que se foram formando ao longo das últimas seis edições do Standard Bank Open, em todos os escalões.

“Nesta sétima edição teremos um ténis competitivo, pois já estão inscritos atletas nacionais e internacionais de grande gabarito”, indicou, acrescentando que o Standard Bank Open traz uma mais-valia à FMT.

Trata-se, conforme sustentou, de um torneio calendarizado no plano das actividades da FMT e constitui uma das maiores e melhor provas do calendário da federação. “É através deste torneio que o ténis moçambicano é exposto além fronteiras”, destacou.

Importa salientar que o torneio vai abarcar, igualmente, uma competição paralela, envolvendo clientes e colaboradores do Standard Bank, patrocinador exclusivo do torneio. A realização deste projecto desportivo faz parte do conjunto de acções de responsabilidade social desenvolvidas pelo Banco, no âmbito do seu compromisso com o desenvolvimento do desporto nacional.

Events & Social Responsabilities

Standard Bank Festival Acácia Jazz além da música

No âmbito da primeira edição do Festival Standard Bank Acácia Jazz, o banco promoveu diversas actividades culturais, com destaque para a interação entre os músicos do festival e estudantes universitários, bem como a exposição artística no local do espectáculo. 

Economic strategies to win in a dynamic global landscape

The African continent has great growth opportunities for the next 5 years with a combined annual growth rate of 4.3 percent. However, its participation in the world economy continues to be marginalized. These considerations were made by Sola David-Borha, CEO of Standard Bank Group Africa, in her presentation as a panel speaker on “What is Next for Mozambique?: Fundamental Economic Strategies to Win in a Dynamic Global Landscape”.