You are here: News » EPC Minkadjuine e EPC de Ba...

EPC Minkadjuine e EPC de Bagamoyo-Matola levam premio na categoria Massificação do Standard Bank Open

Os alunos provenientes das escolas envolvidas na primeira edição do projecto de massificação do ténis, promovido pelo Standard Bank, em parceria com a Federação Moçambicana de Ténis (FMT), dominaram o pódio na categoria “Massificação” do Standard Bank Open, que arrancou no sábado, 3 de Novembro, noscourtsdo Jardim Tunduro, na cidade de Maputo, e que movimentou mais de 100 crianças.

Trata-se de Válter Marta (EPC Minkadjuine) e Sónia Levi (EPC de Bagamoyo-Matola), que ficaram em primeiro lugar na categoria sub-14, em masculinos e femininos, respectivamente, e Anderson Alberto (Escola Primária Amílcar Cabral), primeiro lugar nos sub-10, em masculinos.

Anderson e Cacilda , ambos da EPC de Minkadjuine, ficaram em segundo lugar na categoria sub-14, em masculinos e femininos, respectivamente. Completaram o pódio Joyce ZZZ e Jazara Alberto (primeiro e segundo sub-10 em femininos) e Emerson (segundo sub-10 em masculinos).

Para o director de Marketing e Comunicação do Standard Bank, Alfredo Mucavela, os resultados obtidos pelos petizes demonstram que os objectivos definidos aquando da concepção do projecto de massificação nas escolas estão a ser alcançados.

“O objectivo do projecto é mesmo descobrir talentos e trazê-los à vista de todos, e podemos dizer que, sim, conseguimos. Muitos destes alunos nunca tinham tocado numa raquete ou bola de ténis, mas, hoje, conseguiram sair-se bem diante de crianças que praticam a modalidade frequentemente”, referiu Alfredo Mucavela.

Mais adiante, o director de Marketing e Comunicação do Standard Bank assegurou a continuidade do projecto pois acredita que, de facto, “vamos descobrir mais talentos e teremos campeões que sairão desta iniciativa. É uma semente que veio para ficar”.

Já o presidente da FMT, Valige Tauabo, fez uma avaliação positiva do projecto, que vem fazer jus ao apoio que o Standard Bank tem prestado ao desporto, no geral, e ao ténis, em particular.

“É gratificante saber que o projecto de massificação de ténis nas escolas já está a dar resultados num curto espaço de tempo”, referiu Valige Tauabo, que fez saber que, graças a este projecto, a FMT começa a ser contactada por pais e encarregados de educação que pretendem pôr os seus filhos e educandos a praticar o ténis.

O vencedor da categoria sub-14 em masculinos, Válter Marta, mostrou-se feliz pela proeza dado que nunca tinha praticado ténis. “Foram jogos difíceis mas

consegui ganhar. Espero que os vencidos não desistam e que o Standard Bank continue a apoiar a modalidade”.

Por sua vez, Sónia Levi, primeiro lugar da categoria sub-14 em femininos, mais do que a vitória, realçou a interacção entre as crianças como aspectos positivos do projecto. “Estou muito feliz por ter ficado em primeiro lugar, pela segunda vez (a primeira foi na final do projecto de massificação). Gostei de participar no torneio e de ter brincado com as outras crianças”.

Importa realçar que o projecto de massificação de ténis envolveu um total de 800 alunos de seis escolas das cidades de Maputo e Matola, nomeadamente EPC de Lhanguene Centro, EPC Minkadjuine, EPC Bagamoyo-Matola, EPC de Wiriyamu, Escola Primária Amilcar Cabral e a Escola Primária Lhanguene Piloto, tendo sido seleccionados 60 para a fase final, correspondentes a 10 por escola, sendo cinco em cada categoria (masculinos e femininos).

Events & Social Responsabilities

Standard Bank tira mais de 5000 alunos do chão

O Standard Bank ofereceu, na segunda-feira, 18 de Fevereiro, carteiras escolares a cinco escolas da Autarquia da Matola, província de Maputo. Através deste gesto, que vai beneficiar mais de cinco mil alunos, o banco pretende minimizar a carência deste tipo de material e, por via disso, contribuir para a melhoria das condições de ensino e aprendizagem no País.

Standard Bank promote business ties between Mozambique and China

In order to promote business ties between Mozambique and China, Standard Bank will organize a workshop on Tuesday, February 19, in Maputo, to demonstrate the special relationship the bank maintains with the Chinese community in the country.