You are here: Personal » Products and Services » Depósito a Ordem

Depósito a Ordem

É a modalidade de depósito na qual o Banco fica obrigado a restituir a qualquer momento o dinheiro que o cliente lhe confiou.

Os titulares de contas de depósitos à ordem podem ser residentes ou não residentes, com respeito aos seus activos cambiais ou económicos, de acordo com a legislação cambial em vigor.

Funcionalidades

Depósitos, levantamentos, transferências locais - intrabancarias, interbancárias e internacionais, e pagamento de serviços e outros.

Condições de Acesso

É um produto aplicável clientes residentes e não residentes maiores de 21 anos. Em caso do titular for um menor, deverá ser representado por um tutor.

Documentação Necessária

Os titulares, signatários autorizados, representantes legais e procuradores devem apresentar os seguintes documentos:

  • Cópia do B.I./ Passaporte/ DIRE;
  • Documentos comprovativos de morada;
  • Apresentação do Número Único de Identificação Tributária (NUIT);
  • Comprovativos de Rendimentos ou proveniência de fundos;
  • Certidão de Registo Comercial (com validade de 90 dias);
  • Estatutos publicados em Boletim da República / Pacto Social da Empresa (Pessoas Colectivas);
  • Procuração dando poderes para efectuar a operação e documento de identificação do procurador;

Events & Social Responsabilities

Standard Bank na Cimeira Empresarial África-Estados Unidos

África na iminência do boom do Gás Natural Liquifeito (LNG) e Promoção da industrialização no sector de bens de consumo, constituem os temas sobre os quais o Standard Bank vai se debruçar, durante a cimeira  empresarial  África-Estados Unidos, a realizar-se, de 18 a 21 de Junho, em Maputo, sob o lema "Reforçar uma parceria resiliente e sustentável".

Raising the China-Africa Partnership to new heights!

Over the past four years, the partnership between the Industrial and Commercial Bank of China (ICBC) and Standard Bank has resulted in the joint financing of economic projects in the telecommunication, agriculture and tourism sectors, amounting to four billion US dollars, in African countries, including Mozambique.